08/04/2021

Vigilância Sanitária de Suzano notifica 16 estabelecimentos não essenciais

Vigilância Sanitária de Suzano notifica 16 estabelecimentos não essenciais

Fiscalização foi realizada no Jardim Dona Benta para orientar comerciantes sobre as determinações municipais

A Vigilância Sanitária de Suzano realizou fiscalização no Jardim Dona Benta nesta quinta-feira (08/04). Devido às denúncias recebidas daquela região, os agentes circularam pelo bairro verificando se os comércios abertos estavam operando de forma adequada e se enquadravam na categoria de serviço essencial. Ao todo, 19 comércios foram vistoriados. Destes, 16 receberam notificação.

A ação contou com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), do Departamento de Fiscalização de Posturas e da Polícia Militar. As fiscalizações estão sendo intensificadas no município para orientar os comerciantes e garantir que as determinações municipais de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) sejam cumpridas.

Atualmente Suzano se encontra na Fase Emergencial do Plano São Paulo, que limita o atendimento presencial dos estabelecimentos apenas para serviços essenciais. As restrições foram estabelecidas para conter a disseminação do vírus e atenuar os casos de internação na rede pública de saúde.

É importante lembrar que o uso de máscara é obrigatório, tanto em ambientes abertos como em fechados, e os serviços essenciais devem seguir protocolos de higiene, com a oferta de álcool gel, aferição de temperatura, respeito ao distanciamento mínimo entre as pessoas e outras ações que visem a proteção de todos, principalmente de idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas ou imunodeprimidas, conforme recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde.

De acordo com o responsável pela Vigilância Sanitária, Mauro Vaz, todos os estabelecimentos identificados como irregulares nesta ação foram orientados sobre as determinações municipais e a possibilidade de operar em outro formato permitido, como o drive-thru e o delivery. Segundo ele, as fiscalizações seguirão acontecendo na cidade ao longo das próximas semanas com o objetivo de preservar a saúde pública. Os fiscais não estão sendo recepcionados com nenhum tipo de comportamento agressivo. Para Vaz, os comerciantes entendem que é um momento delicado, colaborando com o trabalho da prefeitura.

Para realizar denúncias sobre funcionamento inadequado de comércios basta ligar para o Departamento de Fiscalização de Posturas no telefone (11) 4745-2046. Aglomerações e festas clandestinas podem ser denunciadas por meio do “Disk Aglomeração” de Suzano, no WhatsApp (11) 99317-3821.