13/08/2020

Viaduto Ryu Mizuno ficará interditado durante 12 horas neste domingo

Viaduto Ryu Mizuno ficará interditado durante 12 horas neste domingo

Motivo é a execução de reparos nas juntas de dilatação da estrutura; viaduto Leon Feffer será a única opção de travessia da linha férrea em Suzano

O viaduto Ryu Mizuno ficará totalmente interditado neste domingo (16/08), das 6 às 18 horas. O motivo é a execução de reparos nas juntas de dilatação da estrutura por parte da Secretaria Municipal de Manutenção e Serviços Urbanos. Assim, durante este período, o viaduto Leon Feffer será a única opção de travessia da linha férrea em Suzano.

A fim de amenizar os impactos da medida em um dos principais corredores urbanos do Alto Tietê, que é a rodovia SP-66, composta na cidade pela rua Dr. Prudente de Moraes e pela avenida Major Pinheiro Fróes, a Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana já providenciou a instalação de faixas e placas nas imediações para informar sobre a interdição e as rotas de desvio. Agentes de trânsito ficarão posicionados em pontos estratégicos no dia para auxílio, caso seja necessário.

Durante as 12 horas em que o viaduto permanecer fechado, o condutor que estiver vindo de Poá pela avenida Major Pinheiro Fróes no trecho de pista dupla será desviado à direita na rua Pedro Favali. Em seguida, deverá prosseguir pela avenida Paul Percy Harris e pela pista simples da avenida Major Pinheiro Fróes, margeando a linha férrea até a avenida Vereador João Batista Fitipaldi, altura do Terminal Norte. A partir deste ponto, terá de virar à esquerda e acessar o viaduto Leon Feffer.

Quem vier trafegando da região leste de Suzano e de Mogi das Cruzes pela rua Dr. Prudente de Moraes e desejar passar sobre a linha férrea precisará se manter na faixa da esquerda após o semáforo no entroncamento com a rua Gastão Vidigal e utilizar o viaduto Leon Feffer, sentido região norte, Itaquaquecetuba, rodovia Ayrton Senna (SP-70) e Trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21).

Já o condutor que estiver vindo pelas avenidas Armando de Salles Oliveira e Antônio Marques Figueira deverá virar à direita na rua Dr. Prudente de Moraes em direção a Mogi das Cruzes. Depois é só acessar a alça do viaduto Leon Feffer.

A interdição também afetará o transporte público. As linhas que normalmente têm o viaduto Ryu Mizuno como parte do itinerário serão desviadas para o viaduto Leon Feffer. O atendimento delas à estação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) ficará restrito ao Terminal Norte para as municipais e ao ponto de parada externo na avenida Jorge Bey Maluf para as intermunicipais.

Trabalhos
O secretário de Transportes e Mobilidade Urbana de Suzano, Claudinei Galo, explicou que os reparos nas juntas de dilatação são fundamentais para que esses elementos construtivos continuem a proporcionar boa qualidade de rodagem aos veículos e a preservar a integridade da estrutura diante das cargas móveis resultantes do tráfego a que são submetidas, de modo a evitar fissuras e trincas.

Os trabalhos envolverão a revisão dos quatro trechos das juntas de dilatação, que correspondem aos espaçamentos existentes entre as placas de concreto que compõem o pavimento do viaduto Ryu Mizuno e que servem para garantir a expansão térmica e absorver a variação volumétrica dos materiais.

O secretário de Manutenção e Serviços Urbanos de Suzano, Samuel Oliveira, detalhou que nesses pontos será aplicado um tipo de concreto flexível especial que requer pelo menos seis horas de secagem, por isso o período extenso da interdição. Também será concluída a pintura do gradil e a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana irá reforçar a sinalização horizontal. Além disso, na parte de baixo do viaduto, na praça Rasma Kasparovics de Oliveira, no Parque Maria Helena, haverá um trabalho conjunto com grafiteiros da cidade, no sábado e no domingo (15 e 16/08), para revitalização do local.