03/06/2022

Uso de máscaras volta a ser obrigatório nas salas de aula

Uso de máscaras volta a ser obrigatório nas salas de aula

Medida vale para instituições de todos os níveis de ensino, públicas e privadas; novo decreto municipal será publicado neste sábado (04/06)

O uso de máscaras volta a ser obrigatório nas salas de aula a partir deste sábado (04/06). A decisão estipulada pelo decreto municipal nº 9.786/2022 observa a recomendação do Comitê Científico de São Paulo, que assessora o governo do Estado nas ações contra o novo coronavírus (Covid-19). Além disso, a exigência continua vigente em locais que prestam serviços de saúde, no transporte escolar e no transporte coletivo, inclusive em locais de embarque e desembarque de passageiros.

O decreto prevê a obrigatoriedade da utilização no interior de salas de aulas e laboratórios de escolas públicas e privadas, englobando educação infantil, ensinos fundamental e médio, cursos técnicos e profissionalizantes e instituições de nível superior, sendo facultativa em quadras, pátios, áreas de lazer e demais ambientes externos.

Outra recomendação apresentada é a adoção das máscaras também em ambientes fechados públicos e privados, corporativos e comerciais. A medida se faz necessária como precaução, conforme a situação pandêmica, em permanente análise do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Suzano, em um mês, 300 novos casos de Covid-19 foram registrados. Em relação aos óbitos, sete foram confirmados no mesmo período, embora apenas um tenha ocorrido de fato neste intervalo. Quanto à ocupação de leitos, a cidade apresenta situação estável, com apenas uma pessoa em isolamento no Pronto-Socorro Municipal (PS).

O secretário Pedro Ishi explicou que a imunização contra o novo coronavírus nos últimos meses tem demonstrado efetividade, com baixos números de internações e mortes pela doença. “A maior taxa observada tem sido no registro de novos casos. Isso significa que a vacinação tem efeito, evitando o agravamento do quadro clínico. Os casos não têm evoluído mais para internação ou óbito como antes. De qualquer forma, é importante nos precaver com o retorno do uso de máscara, bem como a devida higienização das mãos e, se possível, evitando ambientes com aglomeração. Além disso, destaco a importância da vacina de reforço”, disse.

No último mês, a procura pela dose adicional cresceu, com 12.437 atendimentos realizados. A aplicação está disponível para todos os suzanenses maiores de 12 anos que já completaram o esquema vacinal há quatro meses ou mais. Já a quarta dose, por ora, é voltada aos idosos maiores de 60 anos e a pessoas imunossuprimidas. O acolhimento se dá nos 24 postos de saúde, de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas. A campanha de vacinação contra a Influenza (gripe) também segue vigente para públicos prioritários. Mais informações podem ser obtidas no site www.suzano.sp.gov.br.