04/12/2021

Suzano promoverá ação de conscientização e combate ao machismo

Suzano promoverá ação de conscientização e combate ao machismo

Encontro nesta segunda-feira (06/12) abordará o papel dos homens na luta contra a violência doméstica

O Cineteatro Wilma Bentivegna (Rua Paraná, 70 – Jardim Paulista) recebe na manhã desta segunda-feira (06/12), a partir das 9 horas, o encontro “Homens Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”. O evento aberto ao público faz alusão à campanha “Laço Branco” e tem o objetivo de sensibilizar, envolver e mobilizar os homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher. A iniciativa encabeçada pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social deve promover o debate e a reflexão sobre o tema.

De acordo com o titular da pasta, Geraldo Garippo, anualmente, a administração municipal se empenha em lembrar o Dia Nacional de Mobilização dos Homens Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres (06/12) e, em 2021, a data deve ser destaque no encontro voltado a todos os públicos, mas principalmente para os homens. A ação terá início às 9 horas e contará com intervenções culturais, como recitação de poema e peça teatral, com o objetivo de sensibilizar a abordagem do tema.

“Queremos ter uma manhã especial, de debate e reflexão sobre o papel dos homens no enfrentamento à violência e ao machismo. Para isso, convidamos nossos servidores a participar do encontro, que também será aberto ao público geral. Esse é um tema urgente para a sociedade, que só vai evoluir a partir do enfrentamento ao machismo estrutural inerente a todos nós, homens e mulheres”, detalhou.

Para o presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), o advogado César Braga, a iniciativa é de grande importância para os servidores, uma vez que o machismo também deve ser combatido dentro do ambiente de trabalho. “Para além da prevenção de acidentes, a CIPA apoia toda e qualquer ação que venha contribuir pela harmonia da convivência entre os trabalhadores. Como homem e defensor da causa feminista, parabenizo a ação e incentivo a participação de todos”, disse.

Já a primeira-dama e dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), Larissa Ashiuchi, destacou a união entre homens e mulheres nesta luta por direitos e igualdade. “Por meio do Saspe realizamos uma série de ações em prol do empoderamento feminino, entendendo também que os homens não podem ser excluídos desse debate e processo de mudanças de paradigmas. Por isso é muito importante contar com esse tipo de iniciativa junto ao público masculino. Vamos juntos trabalhar por esta desconstrução e assim conceber um mundo melhor e mais igualitário, livre do machismo e da misoginia”, concluiu.