19/05/2022

Suzano presta homenagem a doadoras de leite materno do Posto de Coleta Municipal

Suzano presta homenagem a doadoras de leite materno do Posto de Coleta Municipal

Iniciativa faz alusão a data que endossa a importância do ato solidário contribuinte para o desenvolvimento dos bebês

No Dia Mundial de Doação do Leite Humano (19/05), a Prefeitura de Suzano homenageou as 50 mães doadoras cadastradas no Posto de Coleta Municipal, vinculado à Santa Casa de Misericórdia. A iniciativa contemplou as mulheres que amamentam e doam o excedente da produção láctea com o intuito de fortalecer essa rede de solidariedade e endossar a importância desta participação para o desenvolvimento dos bebês.

As doadoras foram presenteadas com diplomas de mérito pelos serviços prestados ao programa, que, só neste ano, arrecadou mais de 200 litros de leite materno. Todas as doações são encaminhadas para o posto referência da região do Alto Tietê, localizado em Guarulhos, onde é feito o processo de pasteurização e redistribuição para os recém-nascidos que estão com o peso abaixo ou igual de 1,5 quilos, internados na unidade Neonatal da Santa Casa de Suzano.

Uma das beneficiadas com a ação foi a munícipe Eliana Andujar, mãe da Joana, no qual contribui com os estoques periodicamente e reforça seu incentivo à outras mulheres. “Eu não pensava em doar e até mesmo não tinha conhecimento sobre o serviço na cidade, mas quando peguei os primeiros vidros para encher e comecei a ver o quanto aquilo poderia ajudar, peguei um carinho muito em poder contribuir com esse gesto. Ainda me recordo da alegria que senti quando fiz a primeira doação, pois penso muito na minha filha, mas também nos outros bebês que precisam deste leite”.

As mães interessadas em contribuir com a causa, podem entrar em contato com o Posto de Coleta de Leite Humano Municipal (PCLH) por meio do telefone (11) 4745-3333 ou ramal 3379. Na sequência, será necessário um pré-cadastro para agendamento de uma visita domiciliar, no qual serão avaliadas as condições da doadora e do bebê, e repassadas as orientações sobre as normativas para o ato.

Com o vínculo formalizado, a munícipe realiza o agendamento da retirada do leite materno e a equipe vai até a residência seguindo todas as recomendações para preservar o bem-estar da família, conforme explica a médica responsável pelo programa, Iemanjá de Melo Almeida Braga. “Sabemos que neste momento em que estão aptas para realizarem a doação, as mães e os bebês também se encontram suscetíveis a diversas infecções, portanto temos um zelo muito grande neste aspecto, e foram reforçados desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19)”, explicou.

Para o secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, a data como um todo representa um momento especial de sensibilização da sociedade para a importância da doação de leite humano, assim como, uma iniciativa a mais para a proteção e a promoção do aleitamento materno. “O leite materno é considerado um alimento completo para atender as necessidades nutricionais da criança durante os seis primeiros meses de vida. Fortalecer esta rede de doação pode salvar muitas vidas, e este é o nosso maior objetivo”, finalizou.

Mais informações podem ser obtidas na sede do órgão, localizado no número 1.816 da avenida Antônio Marques Figueira, no bairro Vila Figueira.