10/01/2022

Suzano fomenta ações de combate à dengue

Suzano fomenta ações de combate à dengue

Trabalhos são de equipes de Zoonoses na Secretaria Municipal de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Setor de Controle de Zoonoses, está realizando visitas em estabelecimentos e pontos da cidade para combater o mosquito Aedes aegypti, com intuito de impedir a transmissão da dengue e de outros antígenos como zika vírus, chikungunya e febre amarela ao remover focos de água parada na cidade.

O município está priorizando visitas a pontos de riscos e imóveis em toda a Suzano, orientando moradores e comerciantes quanto às atitudes simples para evitar o acúmulo de água, como a verificação de calhas, caixas d’água, pneus descartados, vasos de plantas piscinas e reservatórios para encontrar focos do inseto. Outro processo que continuará sendo feito são as nebulizações nos bairros, que consistem na liberação do inseticida no ar passando pelas ruas para eliminar os mosquitos.

Além de residências, em que os agentes municipais oferecem orientações aos moradores, os espaços visitados pelo núcleo de Zoonoses suzanense são sucatarias, borracharias, oficinas e depósitos de reciclagem. Estes são locais capazes de criar ambientes propícios ao surgimento de focos do mosquito transmissor que passam a receber uma série de medidas preventivas.

As ações de bloqueio de criadouros acontecem durante o ano inteiro, recebendo foco especial durante o período de chuvas, quando a tendência de acúmulo de água em pontos estratégicos é maior. Em 2021, o balanço de casos relacionados à dengue na cidade de Suzano registrou 87 casos de infecção, com nenhum óbito confirmado em virtude da doença.

Para a coordenadora da Zoonoses de Suzano, Priscila Arap, as ações de contenção ao mosquito Aedes aegypti foram fundamentais para conter casos e evitar proliferações em 2021. “Criamos métodos e formas para combater o mosquito na cidade e, ainda, a transmissão do vírus da dengue. Por isso, atuamos nesse sentido, para sempre orientar os munícipes de forma mais adequada, dando segurança nesse sentido”, relatou.

De acordo com o secretário municipal de Saúde de Suzano, Pedro Ishi, a pandemia da Covid-19 não impediu as ações contra a dengue e as orientações feitas pela pasta aos cidadãos. “O combate a outras doenças saiu dos holofotes por conta da Covid-19, mas nunca deixamos de trabalhar com outros casos, como a dengue. Por exemplo, graças à atuação do setor de Zoonoses, tivemos poucos casos de infecção pelo vírus em questão, o que nos permitiu manter o foco na contenção do novo coronavírus. Agora, no período de chuvas, intensificamos a orientação e cuidados desses casos”, finalizou.