23/09/2022

Suzano apresenta proposta de elaboração do Plano Cicloviário nesta segunda-feira

Suzano apresenta proposta de elaboração do Plano Cicloviário nesta segunda-feira

Iniciativa pretende mostrar as possibilidades de criar um sistema não motorizado de transporte para o município

As secretarias municipais de Planejamento Urbano e Habitação e de Transporte e Mobilidade Urbana apresentam, na próxima segunda-feira (26/09), a proposta de elaboração do Plano Cicloviário e de Mobilidade Ativa do Município de Suzano. A explanação será aberta à sociedade, sobretudo às entidades de classe, e deverá ocorrer a partir das 18h30 no Cineteatro Wilma Bentivegna (rua Paraná, 70 – Jardim Paulista, centro).

De acordo com o secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Elvis Vieira, a elaboração do Plano Cicloviário vem ao encontro das necessidades observadas com a transformação da cidade, tendo como base o Plano Diretor (Lei Municipal nº 312/2017) e o Plano de Mobilidade Urbana de Suzano (Lei Municipal nº 5.190/2019), que também são importantes conquistas para a cidade.

A iniciativa contempla a elaboração de uma série de ações voltadas à consolidação de uma rede cicloviária segura e abrangente, pensando também em demais estruturas de circulação para um sistema integrado de mobilidade urbana, tendo como foco a construção de políticas públicas que evidenciem a bicicleta como meio de transporte na cidade. O estudo terá como principal conceito a chamada “Mobilidade Ativa”, sendo aquela que é feita, a pé, de bicicleta, ou por outros modos não motorizados. A pauta é comum nas grandes metrópoles do Brasil e do mundo, reconhecendo a importância da construção de uma cidade mais saudável e gentil.

“Teremos um rico momento de diálogo com a sociedade para que façamos ecoar, ainda mais alto, a necessidade de transformações estruturais na cidade. Transformações estas que se iniciaram com a aprovação do novo Plano Diretor de Suzano, em 2017, e do Plano de Mobilidade, em 2019, ambas leis que buscam contribuir para a consolidação de um município mais justo, humano e sustentável”, afirmou o secretário.