15/08/2022

Solicitação de licença à Vigilância Sanitária agora é totalmente on-line

Solicitação de licença à Vigilância Sanitária agora é totalmente on-line

Mudança no procedimento permite agilizar todo o processo sem o interessado precisar se locomover para fazer o pedido

A Vigilância Sanitária de Suzano deu início nesta segunda-feira (15/07), em caráter experimental, ao processo on-line para a solicitação de licenças de funcionamento que são competentes ao órgão municipal. A solicitação antes era feita completamente de forma presencial, por meio de um protocolo, para depois ser enviada aos técnicos do setor. Agora, a documentação segue diretamente para análise via canal digital. Com essa mudança, a Secretaria Municipal de Saúde se torna a primeira do Alto Tietê a realizar este procedimento 100% virtual.

Além de agilizar as ações para quem busca abrir um empreendimento, o processo on-line também vai ao encontro do programa da Prefeitura de Suzano “Gestão Sem Papel”, voltado justamente à governança digital, por meio da automatização de processos e da otimização de recursos e certificação digital do município. Para se ter uma ideia, a Vigilância Sanitária recebe, em média, oito solicitações por dia, mais de 170 por mês, com cada uma delas contendo de 18 a 25 páginas.

Embora esteja em caráter experimental até o final deste mês, o processo via on-line já pode ser realizado. O interessado em obter a licença da vigilância também acompanhará o andamento do pedido pela internet. A partir de 1º de setembro, o processo digital irá ocorrer de forma definitiva. “Com essa alteração o processo se torna mais rápido. Um exemplo: se uma pessoa está interessada em abrir um bar, não precisa mais fazer todo o processo físico. Ela solicita tudo de forma on-line e depois aguarda a nossa vistoria”, explicou o coordenador da Vigilância Sanitária de Suzano, Mauro Vaz.

Além da agilidade, ele também ressaltou a gestão sem papel e a economia resultante. “Precisamos de um espaço físico enorme para guardar toda essa documentação, o que não será mais necessário. A medida vai gerar economia para os interessados e vai contribuir para o meio ambiente”.

O canal que o interessado irá utilizar para fazer a solicitação é https://suzano.inmov.net.br/users/sign_in, onde serão feitos o cadastro e o envio de documentos. Vale lembrar que, após a aprovação, a Vigilância Sanitária ainda precisa manter a documentação guardada por vários anos para possíveis consultas.