22/11/2022

Setor de Zoonoses dá início à Semana Nacional de Combate à Dengue

Setor de Zoonoses dá início à Semana Nacional de Combate à Dengue

Campanha de distribuição de panfletos será realizada durante toda a semana e visa a conscientização da população para os perigos da doença

A Coordenação de Controle de Zoonoses, vinculada à Secretaria de Saúde de Suzano, deu início nesta segunda-feira (21/11) à Semana Nacional de Combate à Dengue com avaliação de densidade larvária (ADL) nas ruas dos bairros Jardim Imperador, Jardim Monte Cristo e Jardim Suzanópolis para identificar possíveis imóveis que possam abrigar criadouros do mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti. De forma geral, a ação visa conscientizar os cidadãos dos riscos que a doença traz, além de explicar os sintomas, métodos de identificação do agente transmissor da doença e formas para evitar a contaminação. Nesta terça-feira (22/11) as atividades seguiram na rua General Francisco Glicério e na Praça João Pessoa, no centro da cidade, com a distribuição de panfletos orientando sobre a doença e como impedir o surgimento de criadouros do mosquito, que também é responsável por transmitir o zika vírus e a febre chikungunya.

Durante a semana as atividades seguem em demais locais do município com alto fluxo de pessoas. Nesta quarta-feira (23/11) a panfletagem ocorre nas avenidas Francisco Marengo e Jaguari, no Jardim Dona Benta. Um dia depois será a vez do distrito de Palmeiras receber as ações na estrada do Koyama, no Recreio Boa Vista. Por fim, as ações se encerram na sexta-feira (25/11) no Terminal de Transportes Urbanos Vereador Diniz José dos Santos Faria, o Terminal Norte, localizado na avenida Jorge Bei Maluf, S/N, na Vila Theodoro

De acordo com a coordenadora Priscilla Arap, essa ação se mostra importante neste momento, uma vez que novembro é um mês de alta incidência de contaminação. “As altas temperaturas e a chegada da temporada de chuvas aumenta a circulação de mosquito e, consequentemente, atinge mais pessoas e ocorre maior postura de ovos. Por isso, a conscientização da população é muito importante neste momento para evitar a proliferação tanto do mosquito quanto dos criadouros”, disse.

O secretário de Saúde de Suzano, Pedro Ishi, fez um apelo aos moradores para que sigam as orientações e evitem o surgimento do Aedes dentro de casa. “Não podemos baixar a guarda em nenhum momento. Sabemos da gravidade que a doença pode causar, por isso, tão importante quanto tratar da dengue é prevenir a enfermidade Em casa é importante que todos fiquem atentos aos vasos com água, potes, entre outros utensílios que possam contribuir com o nascimento do mosquito”, apontou o chefe das pasta.