11/03/2022

Semana é marcada por conscientização contra a violência doméstica em Suzano

Semana é marcada por conscientização contra a violência doméstica em Suzano

Administração municipal promoveu acolhimentos e palestras sobre o assunto para moradoras, estudantes e servidoras municipais

A Prefeitura de Suzano realizou novas ações de conscientização contra a violência doméstica nesta semana. As ações fazem parte da programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher (08/03). Neste período, autoridades municipais ministraram palestras para servidoras municipais e para a população a respeito da temática. Em paralelo, o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Casa Branca realizou um acolhimento especial com moradoras de seu entorno.

Na quinta e na sexta-feira (10 e 11/03), as agentes da Patrulha Maria da Penha fizeram visitas especiais ao Serviço Social da Indústria (Sesi) para palestrar sobre a importância do Dia da Mulher e o respeito à liberdade feminina. Em diálogo com 500 alunos do ensino médio, a comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Rosemary Caxito, explicou sobre o trabalho diário da corporação na defesa dos direitos femininos e alertou para a importância de denunciar casos de violência.

“Foi um diálogo extremamente leve e produtivo, voltado para informar e conscientizar os jovens, ficamos felizes em contribuir para a formação dos estudantes. Palestras como essa são importantes para que não fechemos os olhos para abusos e agressões, independentemente de ser um ente querido ou um desconhecido. As vítimas não estão sozinhas e podem contar com a Patrulha Maria da Penha para qualquer situação em que se sinta ameaçada, com ou sem violência física”, disse a comandante.

Ainda na sexta-feira (11/03), o Cras Casa Branca, localizado na rua Maria Clara Tavares, 125, realizou uma roda de conversa com moradores e usuários da unidade abordando a valorização da mulher e o cuidado com a autoestima e a saúde mental. Em paralelo, os encontros voltados para os servidores municipais seguem acontecendo, com orientações e formações para otimizar o atendimento e o serviço às mulheres.

Já na quinta-feira (10/03), às 10 horas, a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana promoveu um acolhimento especial para suas servidoras. Cerca de 18 funcionárias participaram de uma palestra da presidente da Comissão da Mulher Advogada da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) suzanense, Maria Margarida Mesquita.

Na oportunidade, ela explicou sobre as medidas de enfrentamento à violência contra a mulher e as disposições legais que garantem os direitos do público feminino. O evento ocorreu na sede da Associação Comercial e Empresarial (ACE) de Suzano e contou com a presença do titular da pasta, Claudinei Galo, e da secretária municipal de Administração, Cintia Renata Lira.

A primeira-dama e dirigente do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais, Larissa Ashiuchi, destacou a importância destas ações de conscientização, para levar informação de qualidade e prestar apoio ao público feminino de toda a cidade, inclusive de dentro da prefeitura. “A agenda municipal ainda prevê a realização de mais atividades temáticas até o fim de março. Este é um mês muito importante para refletirmos sobre as conquistas das mulheres e o que ainda precisa mudar para a garantia de nossos direitos em diferentes esferas”, concluiu.

Suzano conta com uma rede de atendimento especializada a mulheres que sofrem com violência, que inclui a Patrulha Maria da Penha (4745-2150 ou 4746-2344), a Sala Rosa da Comissão da Mulher Advogada (4748-7473), o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres (4742-7100), a Rede de Atenção à Pessoa em Situação de Violência Doméstica e/ou Sexual (4745-2092), a Casa de Acolhimento, o Disque Denúncia (180) e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social – Creas (4743-2588).