18/06/2020

Secretaria de Cultura abre inscrições para nova fase da 1ª Mostra Virtual

Secretaria de Cultura abre inscrições para nova fase da 1ª Mostra Virtual

Artistas suzanenses poderão cadastrar projetos para apresentações online até o dia 30 de junho (terça-feira)

A Secretaria de Cultura de Suzano abriu inscrições para mais uma fase da 1ª Mostra Virtual Cultura Presente. O novo prazo para cadastro de projetos de artistas da cidade para apresentações pela Internet seguirá até 30 de junho (terça-feira). Assim como na etapa inicial, cada um dos habilitados receberá cachê no valor de R$ 600, como forma de minimizar os impactos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo link https://forms.gle/kiRfeagwUAZzQwWB7. O regulamento completo sobre como participar pode ser conferido no site https://memoriaefuturosuzano.com.br/blog.

Nesta fase, serão selecionados 30 projetos de artistas suzanenses. Eles ofertarão seus produtos por meio de transmissões em vídeo – ao vivo ou gravado – com duração de 30 a 60 minutos, de qualquer linguagem, na página “AgendaCulturalSuzano” no Facebook, no site memoriaefuturosuzano.com.br e em suas contas nas redes sociais.

A primeira etapa da Mostra Virtual Cultura Presente resultou na seleção de 42 artistas, que seguem com as suas apresentações até o dia 4 de julho (sábado). De acordo com a secretaria, os vídeos já totalizaram 128 mil visualizações. Grande parte dos projetos recebidos é de música, mas também há trabalhos de literatura, dança e circo.

Além de dar continuidade à programação oficial de eventos e de atividades, os objetivos da pasta são apoiar a classe artística e proporcionar à população acesso à produção cultural durante este período de distanciamento social e de quarentena contra o avanço do novo coronavírus.

As apresentações online daqueles que forem selecionados para a nova fase da Mostra Virtual Cultura Presente ocorrerão a partir de 10 de julho (sexta-feira), nas residências dos próprios artistas ou em outros espaços escolhidos por eles, desde que atendam às normas e às orientações dos órgãos públicos de saúde.