24/01/2023

Saspe disponibiliza formulário para indicações ao projeto ‘Mulheres Fazendo História’

Saspe disponibiliza formulário para indicações ao projeto ‘Mulheres Fazendo História’

Iniciativa tem como objetivo homenagear mulheres ou grupos que promoveram avanços na comunidade suzanense; inscrições devem ser feitas até 3 de fevereiro

O Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) disponibiliza, a partir desta quarta-feira (25/01), o formulário on-line de indicações para o projeto “Mulheres Fazendo História na Cidade de Suzano”. A ação deste ano será a quarta edição e o objetivo vai ser o de homenagear mulheres ou grupos de mulheres que promoveram avanços na cidade em algum segmento. Qualquer pessoa pode realizar a indicação até 3 de fevereiro por meio do link https://bit.ly/MulheresFazendoHistoria2023.

O projeto vai eleger oito pessoas que serão homenageadas em 14 de março, no Anfiteatro Orlando Digenova, localizado no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi, às 18h30. A ideia é prestigiar as mulheres responsáveis por avanços na comunidade suzanense e que, a partir deste protagonismo, puderam contribuir com o crescimento social, político, econômico e cultural da história do município.

Vale ressaltar que a seleção considera toda a história e atividade desempenhada pela mulher indicada. Por esta razão, no questionário on-line, é importante que as pessoas descrevam as informações detalhadamente sobre as causas e objetivos da área de atuação da indicada.

No ano passado, quando o evento ocorreu no Teatro Municipal Armando de Ré, as homenageadas foram a diretora da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Claudinéia da Silva Machado; a pedagoga e gestora social Graziella Porfírio; as voluntárias Ezilene Cruz de Sousa e Ana Santana; a deputada federal Katia Sastre; a vereadora Gerice Lione; a médica Alice Keiko Konish; e a empresária Francine Drumond. As indicadas receberam um troféu simbólico e foram destacadas em um vídeo especial para a exibição na cerimônia do projeto.

Segundo a coordenadora do projeto, Sandra Lopes Nogueira, muitas mulheres fazem um trabalho de excelência, auxiliando e apoiando toda a população suzanense. “O protagonismo das mulheres não pode ser opaco e é contra esse olhar que nós devemos lutar. Queremos dar luz a quem de fato ajuda a vida das pessoas aqui na cidade, contribuindo de diversas maneiras com os avanços promovidos diariamente”, comentou.

De acordo com a dirigente do Saspe, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, as mulheres são fundamentais para o desenvolvimento da cidade e merecem todo reconhecimento possível. “É um grande prazer proporcionar o devido prestígio para as mulheres que se destacam todos os dias, essa é uma forma de evidenciar que a figura feminina se faz cada vez mais protagonista e importante na sociedade atual. Por isso, visamos promover ações que mostram a representatividade delas no município”, afirmou.