13/09/2021

Projeto Aconchego recebe equipe do Banco de Leite de Suzano

Projeto Aconchego recebe equipe do Banco de Leite de Suzano

Roda de conversa abordou os benefícios da amamentação e o trabalho do setor

O “Projeto Aconchego”, promovido pelo Núcleo de Acompanhamento aos Servidores (NAS), recebeu a equipe do Posto de Coleta de Leite Humano (PCLH) de Suzano para uma roda de conversa sobre os benefícios da amamentação e a importância do trabalho desempenhado pelo setor. O encontro, realizado na última semana, foi o segundo presencial do projeto, que tem como objetivo oferecer um espaço de cuidado e acolhimento aos servidores que estão à espera do primeiro filho, seja ele biológico ou adotivo.

A atividade liderada pela coordenadora do NAS, a psicóloga Renata Pires, contou com a presença da enfermeira Liliane Ribeiro, que detalhou o serviço exercido pelo PCLH, popularmente conhecido como Banco de Leite. A coordenadora explica que na oportunidade foi possível abordar as características do posto de coleta, as vantagens do aleitamento materno e como garantir uma amamentação saudável para a mãe e o bebê, além de possibilitar o apoio e divulgação da coleta de leite humano em Suzano e na região.

O grupo recebeu orientações sobre a importância da alimentação de bebês de até seis meses exclusivamente com leite materno, com continuidade até os dois anos. A recomendação se dá por causa do alto valor nutritivo e dos anticorpos necessários para o desenvolvimento do sistema imunológico da criança.

As mães que estiverem amamentando exclusivamente seu bebê e tiverem excedente de produção láctea ainda podem contribuir para ajudar quem mais precisa, em um gesto de solidariedade. O PCLH acolhe doações para atender os recém-nascidos internados na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal da Santa Casa, conforme prescrição médica.

A coleta do material respeita todas as medidas de combate à pandemia da Covid-19 e pode ser feita inclusive em casa, basta entrar em contato com o setor pelo telefone (11) 4745-3333, no ramal 3379, para realizar o pré-cadastro e agendar uma visita domiciliar. Atualmente, o setor conta com 72 doadoras cadastradas e segue aberto para acolher mais pessoas, sem limite de estoque. Só neste ano, foram recebidos mais de 370 mil litros de leite materno, o que permitiu que as equipes pudessem garantir a saúde e o pleno desenvolvimento de 100 recém-nascidos neste primeiro semestre.

De acordo com a secretária municipal de Administração, Cintia Renata Lira, a visita da equipe garante mais informação ao grupo. Ela afirma que o mundo da maternidade é complexo e cada dia é descoberta uma novidade, com muitas dúvidas. O projeto Aconchego vem para auxiliar as servidoras e servidores que se preparam para receber uma criança e debater questões inerentes à maternidade, paternidade e a conjuntura familiar como um todo. Cintia concluiu dizendo que todos compartilham desafios semelhantes e é importante saber que ninguém está sozinho nesta missão.