05/04/2022

Programa Qualifica Mais Progredir tem prazo de inscrições prorrogado

Programa Qualifica Mais Progredir tem prazo de inscrições prorrogado

Iniciativa garante qualificação profissional e concessão de bolsa-auxílio para beneficiários do Auxílio Brasil

A capacitação gratuita promovida pelo programa federal Qualifica Mais Progredir teve as inscrições prorrogadas até 20 de abril (quarta-feira). A iniciativa, viabilizada em Suzano por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social em parceria com o Instituto Federal de São Paulo (IFSP), é voltada a estimular o empreendedorismo entre os beneficiários do programa Auxílio Brasil e também garante a concessão de bolsa-auxílio. Ao todo, o curso dispõe de 120 vagas remanescentes para uma jornada de três meses, com aulas de abril a julho.

Para participar, o interessado deve ser maior de 18 anos, ter concluído ao menos os anos iniciais do ensino fundamental e ser beneficiário do programa Auxílio Brasil ou inscrito no Cadastro Único. As inscrições ocorrem até o próximo dia 20 nas unidades do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Jardim Gardênia Azul (Rua Teruo Nishikawa, 570), do Cidade Boa Vista (Avenida Katsutoshi Naito, 955), do Parque Residencial Casa Branca (Rua Maria Clara Tavares, 125) e da região central (Rua Monsenhor Nuno, 565).

No ato devem ser apresentadas cópias do documento de identidade (RG, RNE ou CNH); do documento de identificação de contribuinte (que contenha número do CPF); do comprovante de residência; da comprovação de necessidades especiais (se aplicável); do comprovante de vacinação contra a Covid-19; do cartão do Auxílio Brasil; e do cartão bancário, do extrato de conta ou outro documento que contenha e valide as informações de dados bancários.

O curso de qualificação profissional tem jornada de 160 horas e ensinará os participantes a atuarem como Microempreendedores Individuais (MEIs) e a construírem um negócio próprio. A medida tem o objetivo de aumentar a inclusão produtiva dos beneficiários do Auxílio Brasil no mercado de trabalho.

As aulas ocorrerão sempre às terças, quartas e quintas-feiras. O Instituto Emaús (Estrada do Furuyama, 2.974 – Rio Abaixo) sediará a turma do período da tarde, com atendimento das 13 às 17 horas. Já no período noturno, das 18h30 às 22h30, haverá quatro salas. As aulas ocorrerão nas Escolas Municipais Victor Salviano, no bairro Cidade Miguel Badra; José Celestino Sanches, no Jardim Varan; e Professora Célia Pereira de Lima, no Jardim Cacique. No período da manhã os encontros serão das 8 às 12 horas, no Cras Casa Branca.

Conteúdo
A formação técnica será ministrada por profissionais contratados pelo IFSP e deverá abordar aspectos legais e tributários, formas de desenvolver modelos de negócio, fundamentos para atuação profissional empreendedora, análise de mercado, estratégia de vendas, planejamento financeiro, rotinas administrativas e construção de um plano de negócios. A expectativa é de que os participantes se formalizem como MEIs ao término do curso e prosperem com uma nova fonte de renda.

Além da formação, o programa prevê ao aluno o repasse de R$ 3,75 por hora-aula assistida, o que totaliza R$ 15,00 por dia. O valor é depositado no final do mês em conta a ser indicada.

O secretário municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Geraldo Garippo, reforçou a importância da parceria em prol da empregabilidade, da inclusão produtiva e da geração de renda. “O programa estratégico alcança diretamente o perfil das famílias em situação de vulnerabilidade social, sendo uma excelente oportunidade para quem precisa e quer se capacitar para a garantia de um futuro melhor”, destacou.