08/09/2021

Prevenção ao suicídio é tema do curso de Promotoras Legais

Prevenção ao suicídio é tema do curso de Promotoras Legais

Aula faz alusão à campanha nacional iniciada neste mês e tem à frente a psicóloga Débora Priscila Panhoto

O nono curso de Promotoras Legais Populares, produzido pelo Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), traz nesta semana o tema “Setembro Amarelo: prevenção ao suicídio”. A 23ª aula tem à frente a psicóloga clínica e educacional, Débora Priscila Panhoto. O conteúdo está disponível no canal “TV Prefeitura de Suzano” (bit.ly/TVPrefeituradeSuzano).

A aula, que faz alusão ao mês de conscientização e valorização da vida, foi compartilhada na última terça-feira (07/09), semana do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, celebrado em 10 de setembro, e trouxe uma série de dados e cenários que merecem atenção.

Profissional da Prefeitura de Suzano há 19 anos, Débora Panhoto participou da implementação e atua, desde a fundação, no Centro de Atenção Psicossocial (Caps) infanto-juvenil Entrelaços, onde também desenvolve trabalhos com musicoterapia em crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Licenciada em Educação musical pela Universidade Federal de São Carlos (UFScar), especialista em Arte-terapia e Musicoterapia, Débora ressalta que debater sobre o suicídio é uma ferramenta importante para entender os sinais e orientar as pessoas para os serviços corretos. Ela pontua que existem muitas pessoas que falam ‘se quisesse, já tinha feito’, mas afirmou ser importante encarar a tentativa como uma oportunidade para intervenção para evitar um desfecho fatal.

A profissional ainda faz o alerta sobre a importância de trazer este tema para o conhecimento do público, pontuando que o mês de setembro é para reflexão sobre a causa, mas se deve agir durante o ano inteiro.

Para a dirigente do Saspe, a primeira-dama Larissa Ashiuchi, pensar em políticas públicas que reforcem a valorização da vida é um trabalho pensado com muita atenção no município e conta com a ajuda de todos, nos 365 dias do ano. Ela conta que Suzano tem psicólogos em todas as unidades de saúde, com um grande trabalho no Caps e outros serviços. A dirigente ressalta que os suzanenses não estão sozinhos, pois há uma rede de apoio ampla e muito preparada para atender a todos que precisarem.

Setembro Amarelo

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), iniciou neste mês o fomento à nova política municipal de Prevenção ao Suicídio.

A iniciativa está focada no acolhimento da pessoa em intenso sofrimento no momento exato de sua busca de apoio ou o mais próximo possível. Além das equipes de Saúde, é preciso mobilizar uma verdadeira rede de apoio na comunidade, contando com a interação de líderes comunitários, líderes religiosos, associações, conselhos municipais, agentes de segurança, profissionais da Educação e da Assistência Social, entre outros.

Todas as informações sobre as ações podem ser conferidas no site oficial da Prefeitura de Suzano (suzano.sp.gov.br).