21/11/2022

Prefeito acompanha campeonato interescolar de sumô no Mirambava

Prefeito acompanha campeonato interescolar de sumô no Mirambava

Torneio organizado pelo projeto ‘Lutas como forma de Educação’ contou com participação de 80 lutadores de sete escolas

O prefeito Rodrigo Ashiuchi prestigiou a realização do 8º Campeonato Interescolar de Sumô de Suzano na manhã do último domingo (20/11), no Complexo Educacional e Cultural Mirambava. O torneio contou com a participação de 80 alunos de sete instituições de ensino da cidade, Itaquaquecetuba e São Paulo, sendo promovido pelas Secretarias de Educação e de Esportes e Lazer, por meio do projeto “Lutas como forma de Educação”.

Ashiuchi, que estava acompanhado do secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, acompanhou a realização de 13 disputas ao longo da manhã, sendo que nestes, os competidores foram divididos por naipes e salas para garantir o máximo de equilíbrio possível no campeonato. Com a orientação da atleta e sensei Luciana Watanabe, foram conduzidas etapas específicas para alunos da educação infantil, dos 1º e 2º anos em conjunto, dos 3º e 4º anos e, em conjunto, dos 5º, 6º e 7º anos no mesmo chaveamento, tanto no feminino quanto no masculino. Entre os meninos, porém, a organização uniu o 7º, 8º e 9º anos devido ao número de participantes, chegando a um grupo a mais.

Nas disputas, os destaques foram as suzanenses Lorena Favaro, Milena Martins e Ana Carolina Martins, que ficaram na primeira posição nas disputas dos 1º e 2º anos, do 3º ano e do 4º ano, respectivamente. Lorena e Milena são integrantes do projeto dirigido por Luciana, sendo que a primeira é estudante da Escola Municipal Paulo Henrique Barreiros, do bairro Parque Residencial Samambaia, e a segunda da Escola Municipal Ruy Ferreira Guimarães, do Jardim São Bernardino. Ana, por sua vez, pratica sumô na Associação Cultura Suzanense – Bunkyo.

No geral, a melhor campanha entre as instituições ficou com a Escola da Tia Cida, projeto localizado no distrito de Guaianases, em São Paulo, somando 20 pontos na classificação, seguida de perto pelos alunos do Jardim São Bernardino, com 17. Também representando Suzano, a escola do Parque Residencial Samambaia ficou com oito pontos, enquanto a Associação Umuarama e o Bunkyo terminaram com sete.

Segundo Luciana, o evento pôde aproximar uma parcela da população a uma das modalidades que mais prezam a educação para com o adversário. “O sumô tem essa questão do contato, da disciplina e, acima de tudo, o respeito com o rival, algo que levamos além do esporte, para a vida em sociedade. Difundir esses valores por meio do torneio é muito importante para a gente, por isso eu agradeço ao prefeito Rodrigo Ashiuchi e à toda a Prefeitura de Suzano pelo apoio”, disse.

“Este evento nos mostrou que as artes marciais são um caminho para atingir a civilidade desde a infância, pois temos muitos jovens que estão trabalhando não só com a Luciana nas nossas escolas e no Bunyko, mas também em cidades que, por meio de seus próprios projetos, também estiveram representadas aqui no Mirambava. Meus parabéns a todos”, pontuou o secretário municipal de Esportes e Lazer, Arnaldo Marin Junior, o Nardinho.

De acordo com o chefe do Executivo suzanense, receber bem munícipes de outras cidades no Mirambava denota a reciprocidade que tanto marca o povo suzanense no esporte. “Este foi um evento que nos mostrou que as artes marciais são um meio para atingir essa civilidade, pois temos muitos jovens que encontram no esporte um caminho para se tornar uma pessoa melhor pelo ensino e pela disciplina. Por esta manhã, agradeço a todo o trabalho da Luciana, que sempre nos representa muito bem no sumô nacional e internacional, além de todos os presentes que fizeram um grande espetáculo”, ressaltou.