27/05/2022

Meio Ambiente segue com inscrições para castração de animais em Suzano

Meio Ambiente segue com inscrições para castração de animais em Suzano

Secretaria também orienta o público que já se cadastrou para que atenda aos telefonemas das clínicas credenciadas que farão os procedimentos

A Secretaria de Meio Ambiente de Suzano segue com cadastro aberto para o procedimento de castração de gatos e cães e de implantação de microchips. As inscrições podem ser feitas por meio do link www.suzano.sp.gov.br/web/meio-ambiente/castracao-animal, ou diretamente na sede da pasta, que fica no Centro Unificado de Serviços, o Centrus (avenida Paulo Portela, 210, sala 206 – Centro), das 8h30 às 16h30, levando RG CPF, comprovante de residência e os dados do animal.

Após o cadastro, o tutor precisa aguardar a ligação de uma clínica conveniada junto à prefeitura para o agendamento da data e as orientações para a cirurgia. “Quem já fez o cadastro precisa ficar atento ao telefone informado no momento da inscrição, pois as clínicas credenciadas estão ligando e muitos animais estão perdendo a vaga porque o tutor não atende nem responde via WhatsApp”, informou o secretário André Chiang.

O serviço contribui para o controle populacional dos animais domésticos de Suzano, evitando que fiquem suscetíveis a abandonos. Isso porque a microchipagem tem como função o cadastro de informações do proprietário e do seu pet. Dessa maneira, quando se encontra um cão ou gato, é possível levá-lo a alguma clínica veterinária que tenha leitor de microchip para verificar os dados e entrar em contato com o tutor ou com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Balanço

De acordo com a pasta, de dezembro de 2021 a abril, foram realizadas 1.391 castrações e microchipagens de cães e gatos. Já no primeiro semestre do ano passado, foram promovidos 688 procedimentos. Ainda segundo a secretaria, houve 5.538 castrações desde 2018. “É um trabalho de muita importância este que a prefeitura oferece de forma gratuita, e não deixa também de ser uma forma de tratar com carinho os nossos animais”, finalizou o secretário.