21/05/2022

Meio Ambiente participa de operação de combate ao descarte irregular

Meio Ambiente participa de operação de combate ao descarte irregular

Ação contou com instrumentos de tecnologia e imagens em tempo real

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente participou nesta sexta-feira (20/05) de mais uma operação do Grupo de Fiscalização Integrada (GFI). Desta vez a ação contemplou um projeto-piloto de combate ao descarte irregular de Resíduos da Construção Civil (RCC), conforme processo no Ministério Público e inquérito civil aberto contra um aterro sanitário localizado na estrada dos Fernandes, na divisa com os municípios de Ferraz de Vasconcelos e Poá. Foi a primeira visita técnica do projeto, que conta com instrumentos de tecnologia e imagens em tempo real.

A incursão contou com o chefe da pasta, André Chiang, além de agentes da Polícia Militar Ambiental, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), da Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima), e autoridades municipais das cidades vizinhas.

O objetivo da ação é coibir a atividade de aterros irregulares. Na oportunidade, nenhum flagrante de crime ambiental foi registrado, logo o espaço passou por novos estudos in loco a fim de que outras ações sejam planejadas, uma vez que já existe processo e inquérito em curso. O trabalho faz parte da série de operações lideradas pelo GFI Alto Tietê Cabeceiras, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, especialmente voltadas às Áreas de Proteção e Recuperação dos Mananciais.

Neste semestre, outras três ações de fiscalização ocorreram em Suzano, contemplando operações de combate à demarcação de loteamentos irregulares e desmatamentos. De acordo com o chefe da pasta, o trabalho vem se desenvolvendo de maneira rápida e eficaz. “Nosso trabalho se fortalece cada dia mais. Contamos com o importante suporte do GFI no município, que é o que mobiliza todas as frentes necessárias para cada operação. Em Suzano, a equipe de Meio Ambiente está a postos para combater irregularidades, sempre em parceria com a população, que cumpre papel determinante por meio das denúncias que recebemos”, destacou.

É importante lembrar que denúncias contra crimes ambientais, incluindo maus-tratos animal, devem ser levadas à Ouvidoria Geral do Município, disponível no telefone 0800-774-2007 e pelo e-mail ouvidoria@suzano.sp.gov.br. O telefone da Secretaria Municipal de Meio Ambiente também está disponível: (11) 4745-2055. Os casos podem ser anonimamente reportados.