12/09/2022

Festival Curta Suzano tem início nesta terça-feira

Festival Curta Suzano tem início nesta terça-feira

Mostra contará em sua sexta edição com um total de 41 curtas-metragens produzidos por artistas de todo o Brasil

O Cineteatro Municipal Wilma Bentivegna (rua Paraná, 70 – Jardim Paulista) recebe a sexta edição do festival Curta Suzano, com uma cerimônia de abertura nesta terça-feira (13/09), a partir das 19 horas. O evento conta com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e terá a exibição de 41 filmes produzidos por artistas de todo o País, que irão concorrer a 18 prêmios em nove categorias diferentes. A entrada é gratuita.

A solenidade terá início com uma palestra sobre artes visuais e a importância de seu desenvolvimento no Brasil com a condução do ator, músico e professor Adolfo Moura. Na sequência, é a vez do músico Dom Vinera apresentar suas composições no reggae, marcando oficialmente o começo do festival.

As atrações audiovisuais começam na quarta-feira (14/09), às 10 horas, com a exibição dos primeiros curtas-metragens da sessão Santa Isabel, o primeiro de 12 blocos de uma hora. Ao todo, o dia inicial contará com 16 produções, além das quatro do grupo de abertura: três na sessão Mogi das Cruzes, às 14 horas; outras cinco na divisão Arujá, às 17 horas; e mais quatro para maiores de 12 anos a partir das 19h30, na sessão Santa Branca. Cada um dos curtas tem duração inferior a 30 minutos.

Na quinta-feira (15/09), o dia de exibições será no Auditório Orlando Digenova, do Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi (rua Benjamin Constant, 682 – Centro). Seguindo com os curtas, as sessões Salesópolis (às 10 horas), Itaquaquecetuba (às 14 horas), Ferraz de Vasconcelos (às 17 horas) e Guararema (às 19h30) somarão outras 12 apresentações. Na sexta-feira (16/09) o festival retorna ao Cineteatro Wilma Bentivegna com os grupos Poá, Guarulhos, Biritiba Mirim e Suzano, com a exibição de três trabalhos destinados para maiores de 16 anos: “Alexandra”, do gaúcho Luiz Alberto Cassol, “Entreolhares”, do capixaba Ivan Willig, e “Eu te amo no Sol”, da mineira Yasmin Guimarães.

Encerrando o festival no dia 17 (sábado), o Cineteatro recebe duas oficinas de produção audiovisual, às 10 e às 15 horas. Já às 17 horas, será a vez de um bate-papo especial com o ator Alexandre Rodrigues, o Buscapé do multipremiado filme “Cidade de Deus”, e na sequência, uma conversa com a atriz Viviane Ferreira, que dirigiu o Comitê Brasileiro de Escolha do Oscar em 2021. Por fim, às 19 horas, será realizada a premiação final dos melhores curtas em categorias como fotografia, direção e efeitos visuais, em que cada vencedor receberá uma estatueta assinada pela artista digital Koral Alvarenga, marcando o fim da mostra.

De acordo com o vice-prefeito e secretário municipal de Cultura, Walmir Pinto, a nova edição do festival promete grandes experiências. “O Curta Suzano, além de ser uma janela para exibição de obras produzidas no Alto Tietê e em outros locais do Brasil, também oferece diversas atividades como rodas de conversa, oficinas, cine-debates e exibições. Será um evento amplo e completo”, comentou.

Para mais informações acerca da mostra, a programação completa está disponível no site oficial www.curtasuzano.com.br.