21/09/2022

Exposição e culinária marcam abertura da Mostra Cultural Suzano-Komatsu

Exposição e culinária marcam abertura da Mostra Cultural Suzano-Komatsu

Está é a primeira ação envolvendo a troca cultural entre as duas cidades; o vice-prefeito Walmir Pinto participou da abertura do evento

A 1ª Mostra Cultural Suzano-Komatsu teve início ao meio-dia desta quarta-feira (21/09), no Casarão da Memória Antonio Marques Figueira, com a participação de mais de 50 pessoas que foram apreciar um dos maiores legados culturais do Japão: a culinária. Estiveram presentes na abertura o vice-prefeito e secretário municipal de Cultura, Walmir Pinto, o diretor de Cultura, Amaury Rodrigues, e a diretora de Patrimônio Cultural, Rita Paiva. O evento é parte das comemorações dos 50 anos de irmandade entre ambas as cidades e do Centenário de Imigração Japonesa em Suzano.

Ambientado ao lado da entrada do Casarão da Memória, uma praça de alimentação foi criada para que o público pudesse apreciar os pratos de origem oriental. O espaço ainda recebeu decoração de fotografias dos primeiros japoneses no município, além de objetos que remetiam à cultura do país, como as tradicionais lanternas tyotin.

Durante a abertura, o vice-prefeito falou da relação entre as duas cidades e a necessidade de fortalecer essa amizade. “Essa mostra traz objetos de Komatsu para Suzano e nós mandamos alguns itens e atividades nossos para lá também. Este é o primeiro evento cultural entre as duas cidades e espero que com essa proximidade a gente possa realizar outras ações que fortaleçam essa irmandade entre os dois municípios”.

A diretora Rita Paiva também exaltou a realização do evento que teve início nesta quarta-feira. “Para nós, é uma alegria poder sediar esse evento e mostrar essas fotos e peças para quem visitar o Casarão da Memória, além de promover essa imersão na culinária japonesa que conquistou o coração de todos os paulistas”.

Além da parte gastronômica, quem visitar o Casarão da Memória poderá assistir a um pequeno filme com mensagens do prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, do vice-prefeito Walmir e do prefeito de Komatsu, Shoei Miyahashi. Os visitantes ainda podem apreciar seis peças de cerâmicas kutanis, típicas do país.

O evento no Casarão da Memória, que fica localizado na rua Campos Sales, 547, no centro de Suzano, segue até esta sexta-feira (23/09). Ainda participaram do evento o presidente da Comissão do Centenário da Imigração Japonesa em Suzano, Minoru Harada; do presidente da Associação Cultural Suzanense – Bunkyo, Reinaldo Katsumata; do presidente do Sindicato Rural de Suzano, Ricardo Tsuchia; do presidente da Associação de Judô Terazaki; da coordenadora do Lian Gong, Sônia Kudeken; de Luis Mitsuio, representante do Clube Agrícola Boa Vista; e do presidente da Associação Fukuhaku, Massachika Takaki.

Mais eventos

As celebrações do cinquentenário da irmandade e do centenário da imigração seguem no próximo mês, no dia 5 (quarta-feira), com a exibição de filmes curtos sobre a cultura japonesa no Cineteatro Wilma Bentivegna, localizado na rua Paraná, 70, no Jardim Paulista. A exibição de filmes ainda ocorre nos dias 19 e 26 de outubro (quartas-feiras), sempre às 19 horas.

Por sua vez, no dia 21 (sexta-feira), a partir das 18 horas, a equipe do Teatro Kabuki, voltada para uma representação estilizada do drama e da maquiagem utilizada pelos seus atores, realizará um ensaio aberto ao público no Anfiteatro Orlando Digenova, localizado dentro do Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi, que fica na rua Benjamin Constant, 682, no centro. A inspiração será as fotos e vídeos oferecidos pela Prefeitura de Komatsu.