29/09/2021

Educação de Suzano debate a importância da arte nos processos educativos

Educação de Suzano debate a importância da arte nos processos educativos

Perspectiva pedagógica foi abordada durante transmissão ao vivo do programa ‘Cola Aí na live’

A Secretaria de Educação de Suzano realizou na última terça-feira (28/09) mais um encontro do programa online “Cola Aí na live”. O tema central do diálogo foi a arte como linha condutora dos processos de aprendizagem e como ela auxiliou os alunos durante o acolhimento gradual para as aulas presenciais na rede.

A quinta edição do programa foi mediada pelo titular da pasta, Leandro Bassini, e a boneca de pano Jana Silva, no qual contaram com a participação dos professores de artes da Rede Municipal de Ensino Xica Lima e Claudeci Campos, além das intérpretes de libras Cláudia Oliveira e Leticia Mariano, para garantir acessibilidade do conteúdo.

O “Cola Aí na live” foi idealizado para fortalecer o vínculo da rede com toda a comunidade, entre eles as famílias, responsáveis, cuidadores e profissionais da educação. Desta forma, é possível apresentar e debater novas perspectivas de ensino, assim como de atualizar os interessados sobre as metodologias pedagógicas aplicadas aos alunos.

Durante a ocasião, Xica Lima compartilhou sua experiência com os alunos das escolas municipais Mônica Sonia Franco Pinheiro Maida, no bairro dos Moreiras, e Nizilda Alves de Godoy, na região da Fazenda Aya. Conforme afirma a professora, a expressão artística foi essencial para traduzir sentimentos que ficaram reprimidos durante o período que as crianças estiveram em casa. Xica conta que elas vieram um pouco ‘adormecidas’, mas já estão voltando ao ritmo. O acolhimento foi feito por meio das criações e brincadeiras, pois quando a criança inventa, ela cria e sonha, e a professora pontua que esta é a grande magia da arte, devolver a vitalidade e proporcionar afeto.

Já Claudeci Campos reforçou o caráter multidisciplinar da arte que pode ser utilizada como ferramenta de alfabetização para outras áreas do conhecimento. Ele pontua que não existem fronteiras para a arte, todos podem manifestá-la de diferentes formas. Ele cita que o importante é essa sinergia e identificação de pensamentos entre todos os professores da rede, pois estão todos com um único objetivo: a aprendizagem das crianças.

Campos desenvolve um intenso trabalho dentro das artes visuais e no desenvolvimento de cenários teatrais, no qual estimulou a utilização de fantoches para a mediação das informações. O professor conta que o fantoche é um instrumento de diálogo, de fantasia e de comunicação com a criança, pois desperta o interesse a interação direta com eles por meio da identificação visual e de linguagem com o público.

Para o secretário de educação, a arte pode ser apresentada como força-motriz para o desenvolvimento intelectual e social das crianças e adolescentes, e deve ser explorada em todos os âmbitos educacionais. Bassini diz que a arte cura, ensina e liberta, assim como a educação e seu poder de transformação. Em Suzano, mais do que educar, o objetivo é formar caráter e apresentar um universo de possibilidades em que os alunos possam expressar sua unicidade e serem felizes.

Os mediadores também divulgaram duas sugestões de obras cinematográficas dentro deste tema: “Nise – o coração da loucura” e “O senhor do labirinto”. Os filmes reforçam a característica transgressora das manifestações artísticas e como elas podem ser utilizadas para o crescimento pessoal de cada pessoa, dentro de diferentes contextos.

Os interessados em acompanhar o bate-papo do “Cola aí na live!” na íntegra podem acessar a gravação por meio do canal do YouTube “TV Prefeitura de Suzano” (bit.ly/TVPrefSuz) e pela rede social oficial da administração municipal (facebook.com/prefsuzano). O evento é transmitido mensalmente e divulgado previamente.