28/06/2022

Curso de Boas Práticas voltado à alimentação ocorre nesta quinta-feira

Curso de Boas Práticas voltado à alimentação ocorre nesta quinta-feira

Inscrições podem ser feitas de forma online ou via telefone da Vigilância Sanitária de Suzano

A Vigilância Sanitária de Suzano realiza nesta quinta-feira (30/06) o curso de Boas Práticas para Serviços de Alimentação no Comércio de Alimentos. Este será o segundo desde o retorno das atividades presenciais, sendo que o primeiro ocorreu em maio e contou com a participação de 50 pessoas. Desta vez, o treinamento vai ocorrer no Anfiteatro Orlando Digênova, que fica localizado na rua Benjamin Constant, 862, no centro de Suzano. As inscrições já estão abertas e devem ser feitas de forma online ou por meio de telefone. O treinamento tem previsão de começar às 8h30 e terminar às 17 horas e serão disponibilizadas 80 vagas.

As inscrições para a capacitação podem ser feitas por meio do e-mail visa.sms@suzano.sp.gov.br ou pelo telefone (11) 4745-2063. No momento da inscrição, é preciso ter em mãos o número do CPF um endereço de e-mail para contato ou um número de WhatsApp.

A professora e fiscal da Vigilância Sanitária de Suzano, Rita Gomes, que irá ministrar o treinamento, apontou para quem será destinada a capacitação desta quinta. ” O curso tem por objetivo a conscientização dos empreendedores e trabalhadores das atividades relacionadas ao comércio de alimentos no município, quanto aos riscos à saúde que podem representar a ocorrência de contaminação em qualquer parte do processo de produção, desde a matéria prima até a distribuição do alimento pronto”.

Como resultado de treinamentos como este, a ideia é sempre fornecer aos empreendedores do segmento ferramentas para poder manipular os alimentos com qualidade e sem riscos à saúde de quem vai consumir o produto. “O curso busca orientar esses públicos de interesse de um jeito que possa fornecer ferramentas de conhecimento capazes de padronizar os procedimentos, para atender as Boas Práticas”.

O diretor da Vigilância Sanitária, Mauro Vaz, reforçou a necessidade da participação dos empreendedores e representantes do setor. “É importante abordar no curso o pessoal que trabalha com entregas de alimentos, uma vez que aumentou bastante esse tipo de serviço com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e queremos que a alimentação produzida aqui tenha qualidade e segurança. Sem esquecer que estes empreendedores têm total apoio da Vigilância Sanitária”.