28/09/2021

Canil da GCM faz apresentação no Tiro de Guerra de Suzano

Canil da GCM faz apresentação no Tiro de Guerra de Suzano

Iniciativa é parte de um projeto da unidade militar que tem como objetivo orientar os atiradores sobre o uso abusivo de álcool e drogas

Os agentes do Canil da Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano estiveram na última semana na sede do Tiro de Guerra (TG 02-081) da cidade para realizar uma apresentação a respeito do uso de entorpecentes e da atuação do grupamento. A ação faz parte de um projeto de formação da unidade militar, voltado a promover hábitos saudáveis a seus atiradores e desestimular o consumo de drogas e bebidas alcoólicas.

Na ocasião, os guardas foram recebidos pelo chefe de instrução do Tiro de Guerra suzanense, subtenente José Emídio, e pelo subtenente Eduardo da Silva. A atividade contou com a presença de cem integrantes do serviço militar. Os agentes municipais palestraram a respeito dos riscos do uso de álcool, cigarro e outras drogas, sejam elas lícitas ou não.

Na sequência, eles explicaram sobre os procedimentos das forças de segurança no combate ao narcotráfico e detalharam como funcionam as abordagens policiais, em especial as que compõem o trabalho diário do Canil da GCM. Para isso, a apresentação teve participação dos cães farejadores Thor, Hunter e Mayla, que auxiliaram em exemplos e treinamentos práticos. Também houve dinâmica de grupos a respeito do tema.

A ação, realizada no último dia 18, faz parte do Projeto Valorizando, Informando, Vigiando, Estimulando e Respeitando (Viver), do Tiro de Guerra. Ao longo de semanas, os atiradores participam de uma série de palestras e atividades de integração sobre temas importantes para a valorização da vida, como conscientização sobre o uso abusivo de substâncias ilícitas, bullying, depressão, suicídio e autoestima, além da oferta de orientação vocacional individual.

A comandante da GCM, Rosemary Caxito, destacou a importância de ações educativas e de apoio ao público jovem como a do Projeto Viver, pois desestimulam o contato com as drogas e, por consequência, a dependência química, que é danosa tanto para o indivíduo como para aqueles que estão ao seu redor. Por fim, ela agradeceu aos subtenentes pelo convite e pelo reconhecimento da atuação em Suzano.

O grupamento especializado é uma referência nacional no combate ao narcotráfico, tendo vencido, inclusive, um campeonato nacional de cães de polícia em 2020. Só neste ano, apreendeu mais de 4 mil invólucros de drogas em diversos bairros, durante ações onde a participação dos cães farejadores se mostrou essencial. Além dos resultados expressivos pelas ruas da cidade, o Canil da GCM já colaborou com agentes de outros municípios, como Mogi das Cruzes, em operações conjuntas para cumprimento de mandados de busca e apreensão.

A comandante pontuou que por meio da apresentação, os guardas compartilharam um pouco de suas vivências e do cotidiano com os atiradores, em especial no combate ao narcotráfico. Os trabalhos de conscientização são essenciais para estimular e reforçar hábitos saudáveis, que se refletem em mais segurança, qualidade de vida e bem-estar.