Suzano inicia mês de prevenção e combate à violência contra a mulher

Publicado em: 7 Ago, 2019

Lei Maria da Penha e luta ao feminicídio serão temas centrais de atividades
O Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) iniciou na noite desta terça-feira (06/08) o mês de prevenção e combate à violência contra a mulher, que prevê uma série de atividades programadas em agosto, em alusão ao 13º ano da Lei Maria da Penha (Lei Federal 11.340/2006). Na oportunidade, também houve o lançamento do “Violentômetro” com a participação da dirigente do órgão social, a primeira-dama Larissa Ashiuchi.
Realizado no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi, o evento ainda contou com palestras da titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM Suzano), Silmara Marcelino, que falou sobre as funções da unidade; da subcomandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Rosemary Ferreira Caxito, que apontou as ações desenvolvidas junto à Patrulha Maria da Penha; e sa presidente da Comissão da Mulher Advogada (OAB Suzano), Maria Margarida Mesquita, que falou sobre as atividades da comissão e a Sala Rosa.
Inicialmente, Larissa ressaltou a importância do tema e as ações de vanguarda desempenhadas em Suzano contra a violência, além de destacar a sororidade que traz o mote da campanha “União é a nossa força”, que se estende ao longo do mês, com cursos e palestras que abordam a temática. Ela afirmou que o combate à violência doméstica é contínuo e este mês foi escolhido para a programação porque é marcado pela sanção da Lei Maria da Penha, em 7 de agosto. Para a primeira-dama, esta será uma oportunidade de reflexão sobre a sociedade e sobre o que pode ser fazer no enfrentamento desta luta.
A dirigente do Saspe ainda apontou a utilidade e dinamismo do “Violentômetro”, que visa expor uma escala de violência criada para orientar e ajudar vítimas em situação de risco, além de instruir amigos e familiares a identificar sinais de violência doméstica. Larissa disse que o material é muito útil para compartilhar informação com amigas e conhecidas que podem estar passando por estágios de violência dentro de casa. Além disso, agradeceu o empenho da coordenadora do curso Promotoras Legais Populares (PLPs), Sandra Nogueira, e das demais convidadas.
No segundo momento do encontro, a delegada Silmara focou nas funções da unidade, que confere um atendimento acolhedor à vítima de violência, por meio da empatia. Silmara contou que, quando iniciou a carreira, há 15 anos, esses casos tinham grandes chances de serem arquivados e tratados como crimes de menor potencial ofensivo. Segundo ela, todos os dias haverá mulheres que tomaram coragem naquele momento, sendo que é um processo que não acaba com um boletim de ocorrências.
A DDM Suzano completa quatro anos e é considerada um marco para a cidade, além da criação da “Sala Rosa”, também voltada ao atendimento especializado. A responsável e presidente da Comissão da Mulher Advogada falou dos 20 anos de luta ao lado da DDM e da Patrulha Maria da Penha. Para a GCM Rosemary Caxito, é sempre motivo de orgulho apresentar as ações desenvolvidas no município, que recentemente esteve no 13º Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).
Programação
Agosto segue com outras duas aulas temáticas nas PLPs, além do júri simulado de feminicídio, no Fórum de Suzano, e um ato em frente à Estação Suzano. O mês também abre inscrições para o curso ‘Mulheres com Propósito’, inédito na cidade e em parceria com a PepsiCo e a Fundes América Latina, e para o projeto ‘Mulheres na História da Cidade Suzano’. A programação completa pode ser conferida no site www.suzano.sp.gov.br e nas redes sociais da Prefeitura de Suzano.

Canais Oficiais

Siga-nos nas redes sociais

Endereço

Posto de Informação ao Turista
Centro Unificado de Serviços
Rua Baruel, 501 - Centro
CEP: 08675-000

Dirigente do SASPE

Larissa Ashiuchi

Telefone

(11) 4745-2000