29/11/2019

Suzano encerra ações de 2019 do projeto Jovens Empreendedores

Suzano encerra ações de 2019 do projeto Jovens Empreendedores

Oito escolas municipais desenvolveram a iniciativa com o Sebrae; última feira foi realizada nesta sexta-feira (29/11), na Vila Helena

A Escola Municipal Manoel Vicente Ferreira Filho, na Vila Helena, encerrou nesta sexta-feira (29/11), com mais uma feira, o ciclo do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), que visa desenvolver habilidades e comportamentos empreendedores com os alunos. Neste ano, a iniciativa chegou a oito escolas municipais, por meio das Secretarias de Educação e Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O empreendedorismo foi introduzido nas unidades de ensino fundamental, passando por capacitação com os professores e abordagem com os estudantes, que ao fim do ano letivo tiveram oportunidade de organizar a feira. Desta vez, entre os produtos e serviços comercializados estavam sorvete, geladinho e aluguel de brinquedos, além das ervas aromáticas, temperos e brinquedos recicláveis.

De acordo com a diretora da EM Manoel Vicente Ferreira Filho, Rosana Borges, a unidade abraçou o projeto com todos os 480 alunos, incluindo as crianças de G4 e G5. “Adaptamos as atividades para que eles também pudessem participar e ter este contato com o público. É uma experiência muito enriquecedora”, disse. A feira foi aberta à comunidade, sendo prestigiada por pais e amigos, inclusive o prefeito Rodrigo Ashiuchi.

Durante a visita, o chefe do Executivo suzanense cumprimentou os jovens empreendedores e conheceu o trabalho desenvolvido por cada barraca. Ele afirmou que este é um projeto que inclui a participação de todos, capacita professores e alunos, além de estimular a integração da comunidade à escola, aproximando os pais da vida escolar, o que é de grande importância para o desenvolvimento das crianças.

Ashiuchi destacou ainda o sucesso do JEPP em Suzano, que começou como um projeto-piloto e em 2019 alcançou oito unidades. Para o prefeito, a intenção é sempre expandir este conhecimento. Ele acredita que os bons exemplos deste ano possam incentivar cada vez mais a implantação do projeto nas escolas que, além do empreendedorismo, também fomenta o trabalho coletivo e o desenvolvimento humano. O prefeito finalizou agradecendo os secretários Leandro Bassini (Educação) e André Loducca (Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego) e a equipe do Sebrae.