Seu browser não tem suporte a JavaScript!
07/11/2018

Secretário de Finanças explica projeto da LOA 2019 em audiência pública

Secretário de Finanças explica projeto da LOA 2019 em audiência pública

Receita prevista pela Prefeitura de Suzano para o ano que vem é de R$ 861,7 milhões, 9,2% maior que a do ano passado

Na tarde desta quarta-feira (07/11), o secretário municipal de Planejamento e Finanças, Itamar Corrêa Viana, participou de uma audiência pública na Câmara de Suzano para abordar os principais pontos do projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2019. O encontro possibilitou que os membros do Legislativo tirassem dúvidas sobre valores arrecadados, investimentos e outros questionamentos referentes ao próximo Orçamento.

Para o ano que vem, a pasta prevê uma receita total de R$ 861,7 milhões, que é 9,2% maior que a de 2018. No total de despesas do município, as maiores são R$ 188,6 milhões para a Saúde, R$ 219 milhões para a Educação e R$ 311,7 milhões para folha de pagamento e aposentadorias.

Em sua fala aos vereadores, o secretário ressaltou que os principais pontos da LOA são aumento dos investimentos; custeio de novos equipamentos, como escolas, creches, entre outros; melhora da arrecadação prevista durante a elaboração do Plano Plurianual Anual (PPA); e redução das dívidas consolidadas.

O evento também serviu para que os vereadores tirassem dúvidas sobre a aplicação de recursos. Dentre os temas, foram debatidos o destino de emendas parlamentares impositivas, a contenção de despesas, os investimentos em Saúde, Educação e iluminação pública e a aplicação dos valores arrecadados com Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Segundo Viana, a proposta apresentada é um testemunho do empenho da administração municipal na gestão financeira. Ele explicou ainda que o Orçamento Municipal reflete o desenvolvimento da cidade em todos os setores. O projeto da LOA deve ser votado pela Câmara até o final deste mês.

Além do secretário e de membros da sua equipe, participaram da audiência pública o presidente da Casa de Leis, vereador Leandro Alves de Faria, e os parlamentares André Marcos de Abreu, Antonio Rafael Morgado, Edirlei Junio Reis, Jaime Siunte, José Alves Pinheiro Neto, Lisandro Frederico, Marcos Antonio dos Santos, Neusa dos Santos Oliveira e Rogério Gomes do Nascimento.