14/05/2018

Programa Mais Alfabetização abre 28 vagas para assistentes pedagógicos

Programa Mais Alfabetização abre 28 vagas para assistentes pedagógicos

Iniciativa vai assegurar ao profissional uma bolsa-auxílio no valor de R$ 150 por mês para cada turma em que atuar, podendo acumular até oito turmas

A Prefeitura de Suzano segue com inscrições abertas até 16 de maio (quarta-feira) para o programa “Mais Alfabetização”, do governo federal, que selecionará 28 profissionais para atuarem como assistentes pedagógicos na rede municipal de ensino. Os interessados devem acessar o site www.suzano.sp.gov.br/educacao, onde também está o edital completo. O cadastro é totalmente gratuito.

Poderão participar do processo brasileiros com idade superior a 18 anos; ser graduado em Pedagogia ou ter habilitação em nível médio magistério com experiência mínima de dez anos em classes de alfabetização; professores da rede municipal ou de outras redes com disponibilidade de carga horária; e professores aposentados ou sem vínculos empregatícios.

A entrega dos documentos exigidos poderá ser realizada até 17 de maio (quinta-feira) no Complexo Educacional Mirambava (rua Dr. Campos Salles, 884, no centro). Já a lista de candidatos habilitados será divulgada no próximo dia 22 (terça-feira) e em 27 de maio (domingo) uma prova objetiva será aplicada na Escola Municipal Antônio Marques Figueira, no centro.

A iniciativa, que assegurará ao pedagogo uma bolsa-auxílio no valor de R$ 150 por mês para cada turma em que atuar – podendo acumular até oito turmas (R$ 1,2 mil) –, tem o objetivo de apoiar escolas no processo de alfabetização dos estudantes de todas as turmas do primeiro e do segundo anos do ensino fundamental.

Segundo a coordenadora do programa em Suzano, Rosangela Matias Andriatti, o processo seletivo será executado pela Secretaria Municipal de Educação com participação, acompanhamento e monitoramento de uma Comissão de Apoio, composta por dois diretores de escola, um professor-supervisor, um assistente técnico da área e por uma diretora de ensino.

Para o secretário municipal de Educação, Leandro Bassini, os assistentes pedagógicos irão auxiliar os professores no atendimento e no acompanhamento dos alunos, além de terem a oportunidade de propor soluções aos problemas constatados em classe.