12/08/2019

Professores de Suzano recebem orientação sobre Currículo na Educação Integral

Professores de Suzano recebem orientação sobre Currículo na Educação Integral

Atividade, realizada no Complexo Educacional Mirambava, aborda as adequações entre teoria e prática na aplicação dos parâmetros curriculares nacionais

Mais de 60 professores e dirigentes escolares de Suzano, juntamente com profissionais da Educação de outras quatro cidades do Alto Tietê, participaram nesta segunda-feira (12/08), no Complexo Educação Mirambava, da primeira jornada de qualificação do “Ciclo Formativo – Currículo na Educação Integral”. A atividade aborda as adequações entre teoria e prática na aplicação dos parâmetros curriculares nacionais do Ensino Integral.

Promovido pela Prefeitura de Suzano, em parceria com a União dos Dirigentes Municipais de Ensino do Estado de São Paulo (Undime), o encontro foi coordenador pela mestra em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e diretora de escola no município, Angélica Curvelo Alves.

Na primeira etapa dos trabalhos, os participantes abordaram quatro assuntos relacionados ao ensino: Educação Integral, Currículo na Educação Integral, Competências e Território da Educação. Todos os temas fazem parte do processo de adequação do modelo aplicado em salas de aula de escolas municipais de todo o Alto Tietê.

A iniciativa foi dividida em duas etapas: durante a manhã, houve um debate teórico entre os temas apresentados para alinhamento de conceitos; e, no período da tarde, uma atividade externa, onde os integrantes do curso buscaram exemplos de potencial educativo, com instituições, pessoas, anúncios e questões que podem ser utilizadas e trabalhadas em sala de aula, sob a luz do Currículo Nacional da Educação.

Para a palestrante, o Ciclo Formativo tem como principal meta derrubar as fronteiras entre teoria e prática. “É fundamental ajustar entre as vivências do dia-a-dia nas escolas e o arcabouço teórico. Na parte prática, levar aos alunos exemplos do cotidiano aproxima ainda mais a didática e viabiliza o trabalho do professor, por isso precisamos melhorar as ferramentas e abordagens”, explicou.

O secretário de Educação de Suzano, Leandro Bassini, elogiou o trabalho realizado no Centro Educacional Mirambava. Para ele, este é o ponto de partida para a mudança em diversas escolas não apenas em Suzano, mas em toda a região, onde os participantes serão como multiplicadores em suas respectivas redes, auxiliando no processo.