29/11/2019

Procon realiza fiscalização na Black Friday e constata irregularidades

Procon realiza fiscalização na Black Friday e constata irregularidades

Ação teve como objetivo evitar práticas abusivas durante o dia especial de promoções e resultou em notificação e auto de constatação de oferta enganosa

O Procon de Suzano realizou a fiscalização de preços durante a Black Friday, nesta sexta-feira (29/11), nas principais lojas de varejo da região central e do Suzano Shopping. O trabalho tem como objetivo evitar fraudes ou abusos neste dia especial de promoções. A ação especial resultou na elaboração de uma notificação e de um auto de constatação sobre oferta enganosa.

Liderados pela diretora Daniela Itice, integrantes do órgão municipal percorreram estabelecimentos especializados em eletrodomésticos e eletroeletrônicos. A equipe concluiu o processo de acompanhamento de preços dos produtos mais procurados pelo público iniciado em setembro deste ano. No geral, a fiscalização conta com o respaldo de gerentes e vendedores dos estabelecimentos visitados.

De acordo com o balanço, houve uma notificação, em uma das lojas da rua General Francisco Glicério, com a constatação de aumento considerável no preço de um fogão, se comparado a setembro deste ano, quando foi feito a primeira fiscalização do órgão. Já em um estabelecimento do shopping, foi lavrado um auto de constatação de irregularidade sobre o preço afixado de uma impressora.

Daniela explicou que, no primeiro caso, um fiscal foi acionado e uma notificação enviada à empresa para que a mesma apresente a evolução do preço do produto com foto desde setembro deste ano. Houve um aumento considerável e por mais que não esteja dentro da promoção da Black Friday, pode ser aplicado para fazer algum tipo de compensação pela oferta de algum outro produto desta data, o que é irregular.

Ela pontuou ainda a constatação de uma oferta enganosa. Na etiqueta afixada, a loja elevou o valor anterior do produto para dizer que a promoção ofertada era de quase 50%. No entanto, este preço nunca existiu, já que o Procon tem feito o acompanhamento. Foi lavrado um auto de constatação da irregularidade e posteriormente será aplicado uma multa. O valor é calculado de acordo com o faturamento da empresa.

Neste ano, o órgão municipal realizou o acompanhamento em setembro e em 13 e 19 de novembro. Foi verificada uma pequena variação nos valores de produtos em alguns locais, em torno de 15%, para mais ou para menos.

Consumidores que queiram apresentar queixas sobre más práticas de comércio e serviço, relacionadas ou não à Black Friday, podem procurar o Procon de Suzano, localizado na rua Baruel, 126, no centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, e o telefone de contato é o (11) 4744-7322.