23/03/2020

GCM detém indivíduo por furto no posto de saúde do Jardim Natal

GCM detém indivíduo por furto no posto de saúde do Jardim Natal

Crime foi flagrado pela Central de Segurança Integrada, que rapidamente acionou agentes da Guarda Civil Municipal

A Central de Segurança Integrada (CSI) flagrou na madrugada deste domingo (22/03) um indivíduo furtando materiais hospitalares e de limpeza da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Natal. De imediato, agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) foram acionados e prenderam o suspeito, que foi encaminhado à Delegacia Central de Polícia para as providências necessárias.

De acordo com o comandante da GCM de Suzano, Sérgio de Assis Andrade, toda a ação ocorreu das 3 horas às 3h30 deste domingo. As câmeras da CSI flagraram o furto e, imediatamente, os guardas que estavam em patrulhamento foram acionados. Em pouco tempo chegaram ao local e deram voz de prisão ao acusado.

No local, os GCMs encontraram o suspeito com uma caixa com detergentes, água sanitária, desinfetante, álcool e álcool em gel, entre outros produtos de limpeza e de utilidade médica.

Após verificação dos antecedentes do indivíduo, foi constatado que ele tem mandado de prisão em aberto por outros crimes.  Desta forma, o autor do furto foi conduzido  à Delegacia Central de Polícia, onde o delegado ratificou a voz de prisão e recolheu o mesmo para ficar à disposição da Justiça, onde responderá pelos crimes praticados.

Tráfico e captura
Horas depois, no bairro Rincão das Lendas, em Palmeiras, a GCM atendeu a outra ocorrência, desta vez envolvendo tráfico de drogas e captura de procurado. Uma equipe da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) patrulhava perto da rua Santa Gema quando avistou dois jovens sentados nos trilhos da linha férrea que corta o bairro, um de 15 e outro de 21 anos.

Durante a revista foi localizada uma sacola com 22 papelotes de cocaína, 87 porções de maconha, 122 pinos com crack e R$ 175 com o menor de idade, que confessou vender entorpecentes na localidade. Já o maior, que estava com uma réplica de arma de fogo, se intitulou “segurança da biqueira” e afirmou que estava foragido desde o outubro de 2019 do sistema prisional, onde cumpria pena por roubo, após sair no indulto do Dia das Crianças e não retornar mais.

Antes de serem encaminhados para a Delegacia Central de Polícia, ambos ofereceram dinheiro aos agentes da GCM para libertá-los, fato este que também foi repassado à autoridade de plantão presente para o registro do boletim de ocorrência.